Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2013

Mais uma cabeluda do Renan

J. R. Guzzo e Campinas

Formação de quadrilha

Já, neste pequeno espaço onde veiculo algumas ideias e decepções, postei textos verberando o mau hábito da mídia em geral de colocar novos nomes em crimes que existem no Código Penal às vezes há mais de meio século (sim, porque a Parte Especial é de 1940, tendo entrado em vigor a 1° de janeiro de 1942). Esse mau hábito recai também sobre os delitos descritos em leis extravagantes (especiais).
Alguns exemplos podem ser referidos. Não existe no Brasil, por mais incrível que possa parecer, um delito chamado “pedofilia” – trata-se de uma pura invenção da mídia. Por esse crime talvez os jornalistas (dizia Borges que “o jornalista escreve para o esquecimento”) queiram referir-se a algumas condutas previstas na Lei n° 8.069/90, apelidada de Estatuto da Criança e do Adolescente. Ou talvez ao estupro de vulnerável, já que um dos casos de vulnerabilidade é a idade da vítima – menor de 14 anos. Ou talvez às duas situações. Na década de 90, mais precisamente no ano de 1995, de tanto a mídia re…

O mestre do terror

O engraxate que falava inglês

Num conto interessante e engraçado, chamado “O homem que sabia javanês”, Lima Barreto conta a história de um homem que, atendendo a um anúncio publicado num jornal, apresentou-se como professor de javanês e durante algum tempo ministrou aulas desse idioma a uma pessoa sem saber bulhufas sobre ele. Fez tanto sucesso que alçou-se à carreira diplomática, tornando-se cônsul em Havana. Li este conto quando já era adulto, quase ingressando na terceira idade. A sua leitura me remeteu aos meus tempos de criança na cidade em que nasci e morei, Jaú, até quase completar 16 anos. O personagem da história real vivida por mim era um engraxate, cujo nome agora não me ocorre. Ele falava inglês – pelo menos assim acreditávamos. Gostávamos que ele engraxasse os nossos sapatos e principalmente ouvi-lo, enquanto trabalhava, dizer algumas palavras e frases em inglês. Ele, segundo a sua versão, aprendera aquele idioma de forma autodidata, utilizando alguns livros que um tio nosso, que era professor, mas não…

Violência nos estádios