Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2014

O balde de água e a ELA

O televisor e a maconha

A tecnologia a serviço do mal

Famoso internacionalmente

Ele era efetivamente uma pessoa conhecida como profissional; não sei se internacionalmente, mas dentro do território nacional, certamente. Ministrava aulas numa universidade estadual em Campinas. Cansados da sua ausência habitual às aulas, os seus alunos – ou os alunos do curso – fizeram algo que naquela época era comum naquela universidade: panfletaram. Nos panfletos ele era chamado de, entre outros epítetos, “professor fantasma”, o que configurava o crime de injúria, um dos crimes contra a honra. O professor jurava por todos os santos que não era “fantasma” e a sua ausência no “campus” era devida ao fato de que os alunos deveriam comparecer no local em que a sua organização ensaiava a título de aula prática. Os papéis eram apócrifos obviamente; porém, instaurado o inquérito policial no distrito policial de Barão Geraldo, foram descobertos os autores, porém não indiciados. Os autos foram remetidos a juízo, mais especificamente à 3ª Vara Criminal e o Promotor de Justiça que ali atuava, …

O Promotor de Justiça e a tentativa de homicídio culposo