Pular para o conteúdo principal

Porque hoje é sexta

Três temas que ocuparam a semana que se finda:

a) aumentou o número de estupros na cidade de Campinas em torno de 30% comparado com o mesmo período do ano passado. Essa é mais uma demonstração de que não adianta aprovar penas maiores somente com o intuito de fazer diminuir a ocorrência do delito. A lição é antiga e pode ser vista na obra do Marquês de Beccaria, Cesare Bonesanna, "Dos delitos e das penas", escrito em 1764, mas parece que os legisladores não a aprendeream (ou fazem de conta que não aprenderam): "quanto mais atrozes forem os castigos, mais audacioso será o culpado para evitá-los". De nada adianta punição severa que, embora aplicada, na maioria das vezes não é cumprida. A isso deu-se o nome de "Direito Penal simbólico". O crime de estupro serve como um bom exemplo do não aprendizado da vetusta lição: com a lei 8.072/90 passou a ser crime hediondo e teve a pena aumentada (reclusão, de 3 a 6 anos para 6 a 10 anos) e o condenado deveria cumpri-la integralmente no regime fechado, não podendo obter indulto, liberdade provisória e outros "benefícios". A sua incidência não diminuiu;
b) continua a inadimplência no pagamento das prestações de veículos: alguém duvidava de que isso ocorreria? Aquele empulhação do governo federal, reduzindo o IPI dos veículos automotores, provocou uma "correria" às lojas e pessoas que não teriam condições sequer de pagar o IPVA adquiriram carros para pagar em 5, 6, 7 ou mais anos (um empresário que conheço contou a seguinte história: um empregado de sua fábrica que recebe em torno de 1.200 reais, aproximadamente 1.000 líquidos, adquiriu um veículo para pagar 580 reais por mês, tornando-se, óbvio, inadimplente, e queria um adiantamento de 2.000 reais para saldar as prestações em atraso); mas não foi apenas esse estrago: o trânsitou piorou consideravelmente;
c) hoje é dia de uma esperada estreia nas salas de cinema de Campinas: começa a exibição do mais recente filme do gênio Woody Allen, mais um de seu périplo europeu, "Para Roma com amor", com um elenco respeitável
d) em curso o terceiro Grand Slam do ano, este na "grama sagrada de Wimbledon" (deveria chamar-se "na grama real de Wimbledon": o melhor classificado brasileiro, Thomaz Bellucci (que já despencou para o 80o lugar) perdeu para Nadal (embora tenha jogado razoavelmente) e o espanhol foi defenestrado na rodada seguinte por Lukas Rosol (no torneio anterior, ainda na grama, Nadal foi vencido por Kohlschreiber); o cenário está para "o rei da grama", Roger Federer.

Silvio Artur Dias da Silva


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A mulher honesta no Código Penal

O Código Penal de 1940 (que entrou em vigor no ano de 1942, a 1º de janeiro) trazia no artigo 215 – crimes contra os costumes - a descrição da conduta criminosa chamada “posse sexual mediante fraude”. Era, por assim dizer, o oposto do estupro, que vinha descrito no artigo 213, em que a conjunção carnal era obtida mediante o emprego de violência ou grave ameaça. Na “posse”, a conjunção carnal era obtida com o emprego de fraude, o que levou algum doutrinador a apelida-la de “estelionato sexual”. A descrição típica era esta: “ter conjunção carnal com mulher honesta, mediante fraude”, com a pena de reclusão, de 1 a 3 anos. O artigo seguinte (216) definia o crime de atentado ao pudor mediante fraude, assim redigido: “induzir mulher honesta, mediante fraude, a praticar ou permitir que com ela se pratique ato libidinoso diverso da conjunção carnal", com a pena de reclusão de 1 a 2 anos. O emprego do conceito “mulher honesta”, ou somente “honesta” vem de longa data, desde as Ordenações Fi…

A morte do prefeito

Aquela tinha sido em Campinas uma segunda-feira como todas as outras de fim de inverno, quase início de primavera: ensolarada, quente e com bastante trabalho, mais parecendo um dia de verão. Aulas no período da manhã na Faculdade de Direito da PUCCamp, audiências no período da tarde na Vara do Júri da comarca de Campinas, com uma ida antes e outra depois à Seccional de Assistência Judiciária da Procuradoria Regional de Campinas. Aulas também no período noturno. Por volta de onze e meia da noite, quando já estava preparado para dormir, soou o telefone fixo de minha casa. Pelo horário, um telefonema pode ser sintoma de má notícia: era, mas não envolvendo ninguém da família. Do outro lado da linha, uma parente, emocionada, dizia, aos prantos, para ligar a televisão num canal local: o Prefeito Toninho havia sido morto. Liguei o aparelho e me inteirei da notícia. O susto foi imenso, porém nada havia a fazer senão dormir. Mal imaginava de depois de aproximadamente um ano eu estaria atuando …

O STF e a descriminalização do aborto